Entrevistas / TAG Inéditos

Entrevista: Samantha Downing

Samantha Downing Share this post

“Pensei sobre que tipo de mulher faria essas coisas a uma outra mulher”

Minha adorável esposa, diz sua autora, é fruto de vinte anos de escrita e de um golpe de sorte. A TAG conversou com Samantha Downing, escritora que assina o título de junho da TAG Inéditos, sobre a publicação do seu romance de estreia, sobre a adaptação cinematográfica da história de Tobias e Millicent e – claro – sobre de onde veio a inspiração para essa maldade toda.

TAG – Primeiramente, você pode nos contar como começou a escrever?

Samantha Downing – Acho que foi uma extensão natural de ser leitora. Amo ler desde quando era criança e, eventualmente, quis começar a escrever minhas próprias histórias.

Li que você já estava escrevendo há vinte anos quando Minha adorável esposa foi publicado. Como o livro veio a ser, digamos assim?

Sim, escrevi como hobby por muitos anos. Foi realmente um lance de sorte que Minha adorável esposa tenha acabado sendo publicado. Uma amiga mandou o livro a um outro amigo, que, depois, o mandou a um agente em Nova York. Se isso não houvesse acontecido, ele não estaria publicado neste momento.

Sei que é clichê perguntarmos aos autores de onde eles tiram ideias… Mas, sério, de onde você tirou a ideia para escrever Minha adorável esposa?

Tudo começou com um documentário que vi a respeito de um casal que sequestrou uma mulher, e realmente começou a vir dali. Pensei sobre que tipo de mulher faria essas coisas a uma outra mulher e então criei a personagem Millicent.

Seu livro teve os direitos para adaptação cinematográfica adquiridos. Como foi isso? Qual foi a sua reação à notícia? Você está envolvida no processo de produção?

Sim! Foi muito empolgante. Havia algum interesse de Hollywood pelo livro, e um acordo foi feito com a Amazon Studios e a Blossom Films, produtora de Nicole Kidman. Até onde sei, nada foi posto em produção ainda.

Você está escrevendo algo novo no momento? Pode nos contar?

Meu novo livro se chama He started it (Ele começou, em tradução livre), e será publicado este ano no Reino Unido e nos Estados Unidos. O livro gira em torno de um grupo de irmãos que sai em uma viagem de carro para receber a herança do avô. Ao longo do caminho, eles precisam lidar com muitos segredos familiares e rancores antigos.

A estante de Samantha Downing

O primeiro livro que você leu: Não consigo lembrar do primeiro, mas eu amava a série Ramona, de Beverly Cleary.

O livro que você está lendo: How to Disappear, de Gillian McAllister.

O livro que mudou sua vida: A lógica do cisne negro, de Nassim Nicholas Taleb.

O livro que você queria ter escrito: São muitos!

O último livro que lhe fez chorar: Nenhum livro me faz chorar, tendo a evitar esse tipo de livro!

O último livro que lhe fez rir: Qualquer um de Christopher Moore.

O livro que você dá de presente: The Other Mrs., de Mary Kubica.

O livro que você não conseguiu terminar: Qualquer um de Charles Dickens. Os livros dele simplesmente não são para mim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Posts relacionados