Livros / TAG Inéditos

Resenha do associado: Apenas um olhar, de Harlan Coben

Share this post

Convidamos os associados da TAG Inéditos a fazerem suas resenhas de Apenas um olhar, de Harlan Coben, livro que enviamos nas caixinhas de aniversário de 5 anos da TAG, em julho. Este mês, a da Sinthia Cunha Benavides Ritter foi a escolhida pra aparecer aqui no blog!

Veja o que ela escreveu sobre o livro:

Em cada acontecimento, novos questionamentos. Você realmente conhece as pessoas que te cercam?

Um show, um acidente e diversos segredos a serem revelados: esses são os ingredientes perfeitos para Harlan Coben desenvolver uma trama perfeita de acontecimentos. Um livro com mais de 400 páginas e que te prende do início ao fim.

O livro começa com a revelação de um criminoso que nos instiga a tentar descobrir o que esse fato tem a ver com os fatos que começam a se desenvolver logo em seguida. Num acontecimento intrigante, uma fotografia antiga no meio de outras recém-reveladas, algo de muito errado e um fato assustador quando não se sabe quem são essas pessoas… ou melhor… Grace identifica o seu marido como sendo um dos jovens da foto, mas quem são os outros?

Como nada é tão simples, Grace, ao perguntar para o seu marido Jack, ele olha a foto, faz um telefonema, sai de casa e some!

O livro se desenvolve nessa busca de Grace em saber quem são as pessoas da foto, por que ela foi parar do meio das fotos reveladas e quem a colocou lá. Pessoas perigosas estão à sua volta e as vidas dela e de sua família podem estar correndo perigo.

Harlan Coben nos envolve nessa história, torcemos, nos angustiamos e sofremos com a Grace nessa busca frenética por respostas, numa trama perfeita e um final surpreendente.

9 comments

Dr,Jorge Manta 8 de agosto de 2019 Responder

Gostei muito do livro Apenas um olhar,de a Harlan Coben, uma história de alterar os batimentos cardíaco.Parabéns pela resenha Sinthia .

Maria Aparecida 8 de agosto de 2019 Responder

Muito boa, a resenha do livro.
Eu não faria melhor.
A trama é instigante. Gostei muito do livro e foi meu primeiro contato com esse autor.

Marialice 8 de agosto de 2019 Responder

Boa tarde!

Tenho gostado de todos os livros, desde que me associei em março/19.
Fico feliz e com aquele misto de sensações que tinha quando era adolescente…, não via a hora de saber o final da história e ao mesmo tempo postergando para apreciar a leitura mais e mais…!
Muito grata por possibilitar essa sensação!!
Abraços,

    TAG - Experiências Literárias 12 de agosto de 2019 Responder

    Que bacana, Marialice! Essa sensação é, com certeza, uma das magias da leitura <3

Ana Lucia Batista 20 de agosto de 2019 Responder

Não acreditei no potencial do livro e achava que seria mais um relato da segunda guerra mundial, porém me surpreendi muito em ver o desenrolar da história. Parabéns ao autor! Amei!

Rafhael Frattari 20 de agosto de 2019 Responder

O livro é bom, mas não é excepcional. Muitas reviravoltas pouco críveis e “marretadas” ao final do enredo para fechar o mistério… Ainda assim, foi bom ter contato com o autor. Gostei bem mais do “A Seca”, do mês seguinte.

    Gabriela 14 de setembro de 2019 Responder

    Também gostei mais do “A Seca”, mais crível o final.
    Quando algo sai muito do normal fica difícil de aceitar.

Gabriela 14 de setembro de 2019 Responder

Parabéns pela resenha Sinthia! Ficou ótima! Muito bom relembrar a tensão durante a leitura.

Rozita 7 de outubro de 2019 Responder

Fiquei muito feles em receber um livro do Harlan, gosto muito dos livros dele.
Os livros dele me atrai do começo ao fim, fico louca pra chegar logo no final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Posts relacionados