TAG Inéditos

Resenha: O bom filho, de You-Jeong Jeong

Share this post

Nesta edição do Resenhas e Reverberações, a Duda Menezes traz sua resenha sobre O bom filho, livro enviado na caixinha da TAG Inéditos de fevereiro de 2019. Compartilhe conosco suas impressões! 🙂

4 comments

Maria 16 de fevereiro de 2019 Responder

Embora não goste desse gênero, fiquei bem presa a história e li o livro em uma semana. Acho que a trama prende o leitor e em alguns momentos, quando ele vai descobrindo sua história, entendi sua angustia. Mas não suas condutas doentias.

João Paulo Serra de Carvalho 22 de fevereiro de 2019 Responder

Comecei a ler o livro no dia em que chegou 13/02/2019, e se passou 1 semana desde a chegada, e já estou terminando; a meta era ler ele no mês todo, mas é tão incrível a história que é impossível focar epenas 10 paginas diárias, para terem noção em cerca de 1 hora li umas 40 páginas, hahaha é de fato uma história que prende sua atenção.
Estou amando a TAG <3 <3

Vanessa Lima 9 de maio de 2019 Responder

Ainda não digeri este livro!
Vou precisar de uma sessão de terapia para que isso aconteça.
Muito bom!

Carlos Alberto de Oliveira 16 de julho de 2019 Responder

Li o livro em dois dias. O processo de conhecimento de si mesmo pelo qual descreve o protagonista é muito interessante. Aos poucos ele descobre o monstro que é.
Um dado interessante é que a autora cita durante a narrativa O filme brasileiro Cidade de Deus. Por se tratar de dois irmãos, cada qual com uma personalidade bem distantes, percebi de cara a intertextualidade.
Outro ponto, em relação à psicopatia, a autora parte da premissa de que tal patologia se dá por um certo descontrole na amígdala cerebral. A neurociência recentemente fez uma ligação entre pouca atividade na amígdala com a ausência de empatia, mediante estudos com ressonância magnética. Será que o comportamento humano é condicionado unicamente a processos bioquímicos ou na estrutura correta ou não de alguma parte do cérebro?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Posts relacionados