Listas

Os 10 melhores livros de Agatha Christie segundo seus fãs

Os 10 melhores livros de Agatha Christie segundo seus fãs Agatha Christie Share this post
Luise Spieweck Fialho | Redatora
Luise Fialho

Nascida em 15 de setembro de 1890, no Reino Unido, Agatha Christie escreveu mais de 60 romances de mistério e mais de uma dezena de coletâneas de contos, além de alguns outros livros não policiais (entre eles, sua autobiografia, publicada postumamente em 1977). Em 2015, o site oficial da Rainha do Crime se propôs a descobrir quais são os melhores livros de Agatha Christie. Para isso, realizou uma pesquisa mundial com os fãs da autora, que poderiam escolher seus livros favoritos dentre todos os trabalhos produzidos por ela.

Após receber mais de 15 mil votos de leitores de mais de 100 países, os 10 livros mais votados foram os seguintes:

#10 – Cai o pano – O último caso de Poirot (1975)

O décimo lugar da lista ficou para Cai o pano, um dos últimos livros publicados por Agatha Christie e também o último caso de Hercule Poirot, seu detetive mais famoso. No livro, Poirot, já com idade avançada, retorna em busca de um assassino à mansão Styles, o mesmo local do primeiro caso que resolvido por ele. Esse caso está descrito em O misterioso caso de Styles (1920), o primeiro romance de Agatha Christie.

Livro "Os cinco porquinhos", de Agatha Christie
Livro “Os cinco porquinhos”

#9 – Os cinco porquinhos (1942)

O crime de Os cinco porquinhos, a morte do famoso pintor Amyas Crale,aconteceu 16 anos antes da investigação feita por Poirot e narrada no livro. No centro da trama estão o triângulo amoroso vivido pelo pintor e as tensões geradas por ele. Essa obra dá destaque especial ao aspecto psicológico dos personagens se comparada às outras da autora, sendo a segundo parte do livro composta de capítulos contados em primeira pessoa por diferentes narradores.

#8 – Morte na praia (1941)

Em Morte na praia, Hercule Poirot é obrigado a interromper suas férias de verão quando um assassinato acontece. Para descobrir quem é o assassino, o leitor é guiado junto a Poirot por uma análise dos álibis e motivos que cada um dos personagens da trama teria para matar.

#7 – Testemunha ocular do crime (1957)

Viajando na primeira classe de um trem que parte de Londres, Elspeth McGillicuddy observa tranquilamente a paisagem até o momento em que testemunha um crime: ela vislumbra um estrangulamento pela janela do trem que cruza com o seu seguindo na direção contrária. Após o ocorrido, nenhum cadáver é encontrado e ninguém acredita na história a não ser Miss Marple, a simpática e célebre senhora que se propõe a investigar o caso.

#6 – Convite para um homicídio (1950)

A história começa quando um anúncio no jornal convida os habitantes de um pequeno vilarejo inglês para presenciarem um homicídio na casa de Letty Blacklock. Pensando tratar-se apenas de um brincadeira, os vizinhos comparecem ao local sem imaginar que o anúncio acabaria se concretizando. Esse é mais um caso investigado por Miss Marple que, para ajudar a polícia a resolver o crime, precisará desconfiar de todos os presentes.

Leia também: Os 10 melhores livros de Stephen King segundo seus fãs

Livro "Os crimes ABC", de Agatha Christie
Livro “Os crimes ABC”

#5 – Os crimes ABC (1936)

Nessa trama, um assassino misterioso que se identifica apenas como “ABC” desafia Poirot ao enviar cartas que informam o detetive sobre os próximos assassinatos que ele irá cometer. Aparentemente aleatórios, os crimes seguem apenas uma regra: são executados seguindo a ordem alfabética dos nomes das vítimas e das cidades onde acontecem.

#4 – Morte no Nilo (1937)

Em Morte no Nilo, Poirot precisa desvendar, durante uma viagem de férias, o assassinato da jovem herdeira Linnet Ridgeway, que viajava em lua de mel a bordo de um cruzeiro pelo rio Nilo. Conforme a trama se desenrola, os interesses de terceiros na fortuna e na infelicidade de Linnet ficam mais evidentes, e o quebra-cabeças, cada vez mais complexo.

Livro "O assassinato de Roger Ackroyd", de Agatha Christie
Livro “O assassinato de Roger Ackroyd”

#3 – O assassinato de Roger Ackroyd (1926)

Com 8% dos votos totais registrados na pesquisa, O assassinato de Roger Ackroyd entrou no pódio de melhores romances da Rainha do Crime, conquistando a terceira posição. Quando o personagem que dá título ao livro é encontrado morto em sua própria casa, o já aposentado detetive Hercule Poirot entra em cena para buscar uma possível ligação entre esse e outros dois crimes. Narrado em primeira pessoa pelo Dr. Sheppard, o médico da cidade, o livro é um dos mais engenhosos já escritos por Agatha Christie.

#2 – Assassinato no Expresso do Oriente (1934)

Com 16% dos votos, Assassinato no Expresso do Oriente ficou com o segundo lugar entre os livros de Agatha Christie mais amados pelos leitores. A história é ambientada em um luxuoso trem que é forçado a parar no meio do trajeto por conta de uma forte nevasca. No meio da madrugada, um homem é assassinado e o detetive Poirot precisa descobrir qual dos passageiros é responsável pelo ato. O livro ganhará uma adaptação para os cinemas que estreia ainda em 2017.

Livro "E não sobrou nenhum", de Agatha Christie
Livro “E não sobrou nenhum”

#1 – E não sobrou nenhum (1939)

Com 21% dos votos, E não sobrou nenhum foi eleito pelos fãs de Agatha Christie o melhor de seus livros. E não é para menos: se trata do romance policial mais vendido de todos os tempos, com mais de 100 milhões de cópias comercializadas no mundo inteiro. Na trama, dez suspeitos encontram-se isolados em uma ilha onde assassinatos são cometidos em sequência e seguindo os versos de uma canção infantil. A história não apresenta nenhum detetive para solucionar o caso. O livro, um enorme sucesso, já ganhou adaptações para a TV, o cinema e o teatro.

O que você achou das escolhas? Comente qual é o seu preferido entre os livros de Agatha Christie!

119 comments

JULIO EDUARDO SOARES COSTA 17 de abril de 2018 Responder

Adorei a lista dos melhores livros.
Achei uma falta de respeito os herdeiros autorizarem uma outra escritora ressuscitar Poirot contra a vontade de Agatha que eliminou seus detetives para isso não acontecer.

    Pedro 7 de novembro de 2019 Responder

    Sério que fizeram isso? Falta de respeito mesmo, com a Agatha, seus fãs e com os personagens dela.

    MyrianBegon 10 de abril de 2020 Responder

    Li o livro de Agatha Christie por Sophie Hannah, intitulado “ os crimes do monograma” , tenho certeza que já li o enredo principal, o teor da estória, mas aí foi colocado um pouco de enrolação junto a leitura.

    Nathália 13 de outubro de 2020 Responder

    Verdade, eu até li esse livro. Não sabia que foi contra a vontade dela. ;/

    Felix Marinho 31 de dezembro de 2020 Responder

    Particularmente, gosto muito dos seguintes títulos :

    Depois do Funeral,

    Assassinato na Casa do Pastor,

    O Caso do Hotel Bertram,

    A terceira Moça,

    Poirot Perde uma Cliente,

    A Mão Misteriosa

    Mariana Reis 15 de junho de 2021 Responder

    Nossa, super concordo. Ela descaracterizou totalmente o Hercule Poirot.

Rafael 27 de abril de 2018 Responder

Olá, Adorei a lista e a resenha de cada livro. Só uma observação:
No Assassinato de Roger Ackroyd quem solicita a ajuda de Hercule Poirot é a personagem Flora, sobrinra de Roger Ackroyd e não Caroline.

Izaias 4 de setembro de 2018 Responder

Excelente relação. Creio que “A Hora Zero” (Towards Zero) e “Assassinato no Campo de Golfe” (The Murder on the Links) deveriam estar entre os melhores…

Ricardo Pinto 30 de outubro de 2018 Responder

Pena terem deixado de fora o “Caso dos Dez Negrinhos”.

    TAG - Experiências Literárias 5 de novembro de 2018 Responder

    Oi, Ricardo! “E não sobrou nenhum” e “O caso dos dez negrinhos” são o mesmo livro, mas o título foi atualizado.

    Bruna Caroline 17 de dezembro de 2018 Responder

    mas O Caso dos Dez Negrinhos é o mesmo livro que o E Não Sobrou Nenhum só muda o nome

    Bárbara 19 de dezembro de 2018 Responder

    É o mesmo livro cujo título é “E não sobrou nenhum” que foi o primeiro da lista

    Daiane 15 de junho de 2019 Responder

    Na verdade O Caso dos Dez Negrinhos foi “Renomeado” para “E não sobrou nenhum” por questões de preconceitos

    Rossana Tortorellu 13 de agosto de 2019 Responder

    Ricardo…E não sobrou nenhum é O Caso dos Dez Negrinhos. Ele é o primeiro colocado.

    Luíza Souza 8 de novembro de 2019 Responder

    E não sobrou nenhum é o caso dos dez negrinhos só que com outro nome!

    Soraya Michele 25 de dezembro de 2019 Responder

    Esse está em primeiro lugar. Também conhecido como “e não sobrou nenhum”

    CARINE SILVA DOS SANTOS 31 de julho de 2020 Responder

    Ele mudou de nome.. E NÃO SOUBROU NENHUM

    Amy 8 de agosto de 2020 Responder

    E não sobrou nenhum, é o caso dos dez negrinhos, O MELHOR LIVRO É CLARO QUE NÃO PODERIA FICAR DE FORA

    Deni 19 de novembro de 2020 Responder

    O Título não é mais O caso dos dez negrinhos.Mudou para E não sobrou nenhum.Ficou em primeiro lugar!

    Jossi 30 de novembro de 2020 Responder

    O caso dos dez negrinhos, é o mesmo que o último , E nao sobrou nenhum.

    Angela fischer 30 de abril de 2021 Responder

    E não sobrou nenhum é o caso dos 10 negrinhos

    Beth Garcia 30 de maio de 2021 Responder

    Hoje o título desse livro é: E não sobrou nenhum…

    Rafael 2 de junho de 2021 Responder

    É o número 1 da lista.

    Vera Valadares 7 de junho de 2021 Responder

    O Caso dos Dez Negrinhos é o que hoje chamam de E não sobrou nenhum !

    FATIMA PINTO 15 de junho de 2021 Responder

    Está com o nome de E Nao Sobrou Nenhum, é o mesmo.

Igor 10 de novembro de 2018 Responder

Gente! E ” o homem do terno marrom” ?
Como ficou de fora?

    Mary 21 de novembro de 2019 Responder

    Concordo com você. “O homem do terno marrom” também deveria estar na lista dos melhores livros dela.

    Nádia 8 de maio de 2020 Responder

    Concordo. Está faltando o Homem do Terno Marrom e o Assassinato no Campo de Golfe.

katia 24 de dezembro de 2018 Responder

Boa lista, mas eu incluiria O mistério dos sete relógios e Assassinato no campo de golfe.

    Kátia 14 de junho de 2021 Responder

    Sim, xará! Adoro O caso dos sete relógios e Assassinato no campo de golfe! E concordo com o primeiro lugar. O melhor de todos!

João Paulo 14 de janeiro de 2019 Responder

Particularmente adoro “A Mansão Hollow”. Acrescentaria “Um brinde de cianureto”, “Depois do funeral” e o “O homem do terno marrom”.

    Vera Valadares 7 de junho de 2021 Responder

    Mansão Hollow é sensacional !!!!

Eduardo MF 31 de janeiro de 2019 Responder

Caro Júlio, apesar da Agatha ter matado Poirot e haver uma certa resistência sobre outros autores usarem seus personagens, li os dois de Sophie Hannah (Os crimes do monograma e Caixão fechado) e gostei muito. Compraria outros, se publicassem. Vale a pena ler e tirar as conclusões.

Kary Barbosa 8 de maio de 2019 Responder

Eu amo essa Escritora e Indico também : “A casa do penhasco”. Eu amei esse livro.

    Pedro de Andrade 11 de junho de 2019 Responder

    A casa do penhasco é realmente muito bom!

      Vera Valadares 7 de junho de 2021 Responder

      Excelente mesmo !!!

Rosely Camargo. 8 de junho de 2019 Responder

Já li todos esses…sou super fã da escritora. Pena não terem escolhido A casa Torta.

    Amanda 15 de agosto de 2019 Responder

    Também acho. Pra mim é o melhor de todos!

    Dayse 22 de outubro de 2019 Responder

    Concordo plenamente!
    Eu e meu marido, que tb é super fã de Agatha, achamos q A CASA TORTA, ilustra bem a PSICOPATIA de um ser humano, desde seu nascimento.

Luciene Lourdes Costa 10 de junho de 2019 Responder

Já li todos os seus livros. É difícil decidir qual é o melhor,mas concordo com o primeiro lugar.

Marina 26 de junho de 2019 Responder

O Adversário secreto deveria estar nesta lista. É muuuuuito bom!

Camile Vitória 27 de junho de 2019 Responder

Um Corpo na Biblioteca e Um Gato Entre os Pombos são meus favoritos da Agatha Christie! Tenho apenas 14 anos, e com dezenas de livros que já li, todos da Agatha superam. A amo demais.

    Kátia 14 de junho de 2021 Responder

    Tb tinha cerca de sua idade quando comecei a ler Agatha e não parei mais!

Gisselene 1 de julho de 2019 Responder

Concordei com a escolha , livros maravilhosos.

Anne 19 de julho de 2019 Responder

Como “A Mansão Hollow” e “Depois do Funeral” não estão nesta lista? Esses livros são surpreendentes, mas é questão de gosto, já ouvi muitos leitores dizerem que A Mansão Hollow não é tão bom comparado aos outros livros da exímia Agatha Christie, porém eu adoro.

Ana 20 de julho de 2019 Responder

“Cem Gramas de Centeio” é maravilhoso!

Luiz Reis 6 de agosto de 2019 Responder

Eu também incluiria o Homem do terno marrom e Um brinde de cianureto, à lista.

Rossana Tortorelli 13 de agosto de 2019 Responder

Se fossem levar em conta a opinião de tds vcs ….não seriam 10 melhores livros seriam os 50 melhores. Mas Agatha é sempre maravilhosa!!

Rossana Tortorelli 13 de agosto de 2019 Responder

Ricardo…E não sobrou nenhum é O Caso dos Dez Negrinhos. Ele é o primeiro colocado.

Margarete 8 de setembro de 2019 Responder

O primeiro livro de Ágatha Christie que li foi Um gato entre os pombos , apaixonei – me tanto que já li todos , umas quatro vezes cada um . Não há como dizer qual o meu preferido .

Lana 10 de outubro de 2019 Responder

Gostei da lista, mas tomei spoiler do terceiro livro mais amado pelos leitores há uns dois dias, então estou bem chateada.
Eu acrescentaria A casa torta, que é meu segundo livro favorito depois de “E não sobrou nenhum”.
Gosto muito também de ” E no final a morte…”

Soraya Michele 25 de dezembro de 2019 Responder

Esse está em primeiro lugar. Também conhecido como “e não sobrou nenhum”

Soraya Michele 25 de dezembro de 2019 Responder

Eu colocaria na lista “um crime adormecido”, foi um livro que me provocou até medo.

Junior Antunes 27 de dezembro de 2019 Responder

O primeiro livro que li da Agatha foi “A testemunha ocular do crime” quando tinha 12 anos. Hoje aos 34, afirmo que no ramo policial ninguém conseguiu ser tão brilhante que nem ela. Se alguém tiver sugestões que me levam a estar errado, eu agradeço.

Lolis 28 de dezembro de 2019 Responder

Gostei muito da lista, só acho que “Encontro com a morte” deveria estar na lista e que “Convite para um homicídio” é melhor que “Morte no Nilo”…

Camila 13 de janeiro de 2020 Responder

Eu adoro também Um destino ignorado e Aventura em Bagdá!
O caso dos 10 negrinhos foi o primeiro que li e que me fez adorar Agatha!

Ana Maria 17 de janeiro de 2020 Responder

Impossível escolher dez melhores! Sou fã demais! Cada um melhor que o outro…Os livros de Poirot e Hastings são excelentes. Cai o pano, até chorei…

Stephani B. Voss 23 de janeiro de 2020 Responder

Não passo muito tempo sem ler ou reler algum livro da Agatha. Seus escritos me trazem conforto, abrem temporariamente uma janela para uma outra era e ao mesmo tempo, para o tempo presente com a psicologia humana sempre igual e sempre interessante no que é capaz de fazer. De fato ninguém a supera e arrisco dizer que não a superará pois seu lugar é insubstituível através dos tempos. Li a “A Mansão Hollow” aos 12 anos e nenhum livro surpreendeu-me mais do esse, mas claro que ainda restam alguns dela para eu ler, felizmente.
s2

Rosemeire da Silva Santos 22 de fevereiro de 2020 Responder

Eu acrescentaria o misterioso caso de styles

Fabiano 31 de março de 2020 Responder

O melhor pra mim foi o primeiro: “O Misterioso caso dos Styles” Mas também senti falta de “o homem do terno marrom”.
É claro que ainda não li todos. Leio pela ordem cronológica (segundo a Wikipédia) e estou ainda em “um passe de mágica”, portanto falta bastante coisa ainda.

Não se esqueçam de” Noite sem fim”.É surpreendente.Sem contar as peças de teatro”A ratoeira “!E “Testemunha da acusação”.FANTÁSTICOS!!!!!!!!!!!!!!

Luís Teles 23 de abril de 2020 Responder

Lendo todos os comentários, deu ainda mais vontade de ler muitos outros!!!
Em que pese poder discordar de alguns do top 10, não esqueçamos que é apenas uma ‘votação’ dentre tantas outras… Convenhamos que a agatha é brilhante e toca em cada um de uma maneira diferente!!
Li 6 dos que estão nesse top 10. Outros 4 que adicionaria seriam: Cavalo Amarelo, Um passe de mágica, Os elefantes não esquecem, sei lá… são tantos bons.. kkkkkk

    Luís Teles 23 de abril de 2020 Responder

    A MALDIÇÃO DO ESPELHO!!! como pude esquecer!
    Mansão Hollow muito bom também,

MÁRIO 7 de maio de 2020 Responder

SERÁ Q SÓ EU ACHO “OS ELEFANTES NÃO ESQUECEM” EXCELENTE

Cris 7 de junho de 2020 Responder

O Caso dos Dez Negrinhos está em primeiro lugar, mas com outro nome “E Não Sobrou Nenhum”

sandra regina righetto 12 de junho de 2020 Responder

Realmente é muito bom. Agatha Christie deu oportunidades iguais a seus dois detetives,de resolverem um crime do passado. Um crime adormecido resolvido por Miss Jane Marple, e os cinco porquinhos por Hercule Poirot.

sandra regina righetto 12 de junho de 2020 Responder

Se tratando de resolver crimes antigos, me esqueci do Os elefantes não Esquecem, foi ótimo. E Poirot trabalha junto com a escritora fictícia de Agatha Christie, a Sra. Ariadne Oliver, que nos foi apresentada no livro Cartas na Mesa.

Paulo Brizola Machado 5 de julho de 2020 Responder

Encontro com a Morte , A Casa Torta , Punição para a Inocência e Noite sem Fim, qualquer um desses livros deveriam estar na lista!

Andre 7 de julho de 2020 Responder

Na verdade apenas mudaram o nome pra ” e não sobrou nenhum” q é a mesma obra

Mara 19 de julho de 2020 Responder

Todos os livros são maravilhosos … o Caso dos Dez Negrinhos , para mim, foi o melhor,.,. E também acho que foi uma grande tolice a mudança do título no Brasil… por isso só falo no título original. Cai o Pano me fez chorar.

Mara 19 de julho de 2020 Responder

Adendo ao meu último comentário … o título original do O Caso dos Dez Negrinhos … Ten Little Niggers – título utilizado na Grã Bretanha e Then There Were None nos. Estados Unidos, portanto a tolice de mudar o nome no Brasil seguiu o exemplo de USA.

Jean 25 de julho de 2020 Responder

Estou entrando na Agatha agora. Podem me informar qual livro dela é narrado pelo próprio assassino?

Mário Vinícius 27 de julho de 2020 Responder

Já li 64 livros de Aghata Christie. Citaria na lista um que acho fantástico: “Um gato entre os pombos”.

Danilo Fonseca 2 de setembro de 2020 Responder

Os elefantes não esquecem é um dos meus favoritos!

Christianne 29 de dezembro de 2020 Responder

Fantástico mesmo! Concordo.

Júlia Camargo 12 de abril de 2021 Responder

Eu gosto muito de Aventura em Bagdá, Um Brinde de Cianureto e A Extravagância do Morto

Tava passando o final de ano na casa duma tia minha lá em Guarú/SP, como de costume. Aí me deparei com uma edição de “O Assassinato de Roger Ackroid” da “Dama do Crime”. Tinha lido há tempos este livro. O primeiro que li dela foi uma compilação que tinha um dos primeiros casos do Detetive Poirot!! – marcio “osbourne” silva de almeida – jlle/sc

Adriana Mumbach 15 de maio de 2021 Responder

Para quem é fã de Agatha Christie essa lista deveria ser maior…

iSEO Tools 26 de maio de 2021 Responder

Your way of describing everything in this paragraph is truly good, every one be
capable of without difficulty know it, Thanks a lot.

Beth Garcia 30 de maio de 2021 Responder

Hoje o título desse livro é: E não sobrou nenhum…

Maria José Perez 31 de maio de 2021 Responder

Faltou na lista aquele que ela achava o melhor: A casa torta

Rafael 2 de junho de 2021 Responder

Gosto muito do Inimigo Secreto.

Selma 3 de junho de 2021 Responder

Testemunha ocular do crime foi o primeiro livro dela que li.Nao gostei, eu não conhecia a personagem Marple. Eu só conhecia o Poirot e achava que ele estava em todos os livros. Nessa época eu tinha 18 anos rsrsrsrsrs. É não sobrou nenhum,pra mim é o melhor também. Fizeram um filme é não chegou aos pés do livro.

    Berenice 9 de junho de 2021 Responder

    Concordo com você sobre o filme.
    Não faz jus ao livro

Gizelle 5 de junho de 2021 Responder

CARTAS NA MESA… Imaginei que estaria na lista dos 10+

ArsQH 5 de junho de 2021 Responder

Medicine information for patients. Long-Term Effects.
colchicine prices in US
Everything about medicine. Read information now.

Berenice 9 de junho de 2021 Responder

Esqueceram do Livro:
Os elefantes não esquecem!

Eni de Moura Macedo 10 de junho de 2021 Responder

Ridículo mudar o título de um livro. É a forma mais evidente de controle mental. Controlar a fala e o pensamento das pessoas. O nome do livro é O CASO DOS DEZ NEGRINHOS.

Maria José dos santos 11 de junho de 2021 Responder

Citaria também
“Um gato entre os pombos”,
“Um corpo na biblioteca “,
“O Natal de Poirot”.

Ana Paula 13 de junho de 2021 Responder

Eu incluiria na lista
A Mansão Hollow
Um Brinde de Cianureto
Noite Sem Fim
Cipreste Triste
Cartas na Mesa
Um Pressentimento Funesto

Sílvia Maria Ribeiro Moleiro 13 de junho de 2021 Responder

Eu incluiria o livro: E no final…a morte. Acho o melhor de todos que li (38).

Raquel Ferreira 14 de junho de 2021 Responder

Faltou “Treze a Mesa”, “

FATIMA PINTO 15 de junho de 2021 Responder

A verdade é que nenhum dos livros dessa DIVA poderia ficar de fora! E quanto a alguém usar o que pertencia só a ela, basta que nenhum fã compre ou leia nada! Seria inclusive, uma homenagem a ela. Na verdade , acho que só não li uns dois ou três livros dela, paixão pura!!!

Joao Marcelli 16 de junho de 2021 Responder

Se fizer sentido junte-se a nos inscrevendo-se como
Afiliado na Klixters. Para isso basta enviar-me uma
mensagem dizendo: ‘estou interessado com o seu e-mail e
seu Whts’ para o email : ortiz2784@gmail.com ou para
o WhatsApp: 55-99953-6099. Enviarei um convite e um
‘link de inscrição’
É GRATUITO !!! Você pode ajudar centenas ou milhares de
pessoas  e ganhar recompensas ilimitadas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Posts relacionados