Listas

9 clássicos da literatura que fizeram sucesso imediato

Share this post

O clássico Moby Dick (1851) foi, inicialmente, um total fracasso comercial. Seu autor, Herman Melville, morreu em 1891 sem ver o prestígio que sua obra-prima alcançaria ao longo do século XX. Nem todos os livros hoje tidos como clássicos, entretanto, precisam de longos anos antes de terem seus valores reconhecidos.

É o caso dos 9 títulos que compõem esta lista. Muitos deles revelaram o talento de seus autores e provam que as histórias aclamadas pelo público podem tornar-se imortais.

1. Em busca do tempo perdido, de Marcel Proust

A obra monumental do escritor francês, composta por 7 volumes, foi originalmente publicada entre os anos de 1913 e 1927. Apesar de Proust ter falecido em 1922, antes do lançamento das três últimas partes do romance, usufruiu ainda em vida do prestígio que este lhe trouxe.

2. …E o vento levou, de Margaret Mitchell

Publicado em 1936, o romance venceu os dois principais prêmios literários norte- americanos, o Pulitzer e o National Book Award, sendo eternizado no cinema através do filme homônimo de 1939. Curiosamente, esse foi o único livro publicado pela escritora, que não gostou da fama repentina.

3. Este lado do paraíso, de F. Scott Fitzgerald

O romance de estreia de Fitzgerald, publicado em 1920, teve sua primeira tiragem esgotada poucos dias após o lançamento. O livro foi um sucesso de vendas não apenas em função da escrita lírica e graciosa do autor, mas por fazer o retrato de uma nova era da história norte-americana.

4. O cortiço, de Aluísio Azevedo

Quando foi lançado, em 1890, o livro foi tão bem recebido pela crítica que chegou a obscurecer até gigantes como Machado de Assis. O grande trunfo de O cortiço é a forma como explica a influência do meio e do momento histórico do Brasil no comportamento dos personagens, tornando-se fundamental para o entendimento do país do século XIX.

5. Oliver Twist, de Charles Dickens

Poucos escritores foram tão populares em vida quanto Charles Dickens. Seu sucesso literário começou em 1836, um ano antes do início da publicação em formato de folhetim de Oliver Twist, seu segundo romance e que, ao lado de outros trabalhos, rapidamente alçou o escritor à fama internacional.

6. O nome da rosa, de Umberto Eco

Publicado em 1980, O nome da rosa logo se tornou o livro mais vendido em toda a Itália e alcançou o mundo. Primeiro romance de Umberto Eco, a história recebeu adaptação cinematográfica poucos anos depois, em 1986.

 7. O senhor dos anéis, de J. R. R. Tolkien

Cânone da literatura fantástica, O senhor dos anéis foi publicado em três volumes entre 1954 e 1955 e colecionou elogios da crítica à época do lançamento. Até hoje, a obra permanece como um dos livros mais vendidos do mundo: mais de 150 milhões de cópias foram comercializadas.

 8. O sol é para todos, de Harper Lee

Publicado em 1960, o livro de Harper Lee fez sucesso imediato, vencendo o prêmio Pulitzer e se tornando um clássico da literatura norte-americana. Esse romance foi o único da escritora até 2015, quando uma continuação de O sol é para todos foi lançada já no fim de sua vida.

9. Os três mosqueteiros, de Alexandre Dumas

Quando publicou essa história em formato de folhetim, em 1844, Alexandre Dumas já era adorado pelo público em função das peças de teatro que escrevia. Seu trabalho lhe rendeu muito dinheiro em vida, e Os três mosqueteiros fez enorme sucesso na França antes de alcançar o mundo: em 1846, o livro já contava com três edições em inglês.

Façam suas apostas: quais livros, sucessos de venda nos dias de hoje, vocês acham que merecem o título de clássicos no futuro?

2 comments

José de Anchieta Moura Lima 26 de janeiro de 2018 Responder

Uma sugestão: Deveriam incluir também: Clarice Lispector, Fernando Pessoa e Guimarães Rosa.

Bruna Antunes 30 de janeiro de 2018 Responder

Só li 2 dos 9, mas vou salvar essa lista!
Quero muito ler O sol é para todos e E o vento levou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Posts relacionados