Matérias

Em novembro, uma celebração à América Latina em kits temáticos

Share this post

Novembro será diferente de tudo o que a TAG já fez: vamos celebrar e homenagear a América Latina em um mês que vai ficar para a nossa história.

Por que a América Latina?

As páginas vibrantes da América Latina vai para além da ficção produzida nesses países: se refere ao estado de constante movimento que acompanha a trajetória de seus povos. Em seu discurso perante a Academia Sueca na premiação do Nobel, em 1982, Gabriel García Márquez disse que o cerne da nossa solidão — nós, latino-americanos — é a desproporcional realidade que nos aflige, e que pede muito pouco da imaginação. O fantástico da nossa beleza e da nossa tristeza é o que nos une. Países que, apesar das intempéries da história, seguem caminhando incansavelmente. Por isso, com muita alegria e resistência, homenageamos todas as faces da América Latina.

Livros

Os associados da TAG Curadoria recebem um livro de autoria chilena, que aborda os momentos finais da sangrenta ditadura de Augusto Pinochet. Assim como a campanha que celebramos, a obra é marcada pela dualidade, contando a história de um povo que sofre, mas que persiste na busca da felicidade.

Na TAG Inéditos, a homenagem aparece na forma de um thriller argentino, considerado pelo periódico La Nación um dos mais emocionantes dos últimos vinte anos. A procura por uma pessoa desaparecida, tema do romance, compõe um elemento importante da memória coletiva argentina, uma vez que a ditadura nesse país ficou conhecida pelos “desaparecimentos” em massa.

Quer fazer parte do clube?

As inscrições para receber essa caixinha já terminaram, mas nossos assinantes têm acesso exclusivo à venda de kits anteriores na loja da TAG.

Além disso, estamos preparando muitas surpresas incríveis para os próximos meses!

Clique aqui e faça parte do clube

2 comments

Alessandro Yuri Alegrette 25 de outubro de 2020 Responder

Gostei dos dois livros. Seria legal se ambos viessem junto na caixinha. Também gostaria de sugerir que vocês publicassem obras clássicas da literatura, mas que não são publicadas há algum tempo no Brasil, a exemplo de “Judas, O Obscuro”. Uma nova edição completa de “Pedro Páramo” seria muito bem vinda. Outras sugestões de livros que poderiam ser publicados na TAG: “Rebecca a mulher inesquecível”, “Noites no Circo, de Angela Carter, “O Chão que ela pisa”, de Saulman Rushidei, “O Tambor”, de Gunter Grass.

Márcia Haidée 10 de dezembro de 2020 Responder

Amei o livro. Uma historia que me deixou intrigada, a cada pagina que eu lia, queria logo chegar na próxima. Me senti uma detetive tentando junto com o Fabián descobrir onde estava Moira. Ao chegar no fim da historia fiquei com sabor de quero mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Posts relacionados